Nos Tempos do Imperador: Augusto invade quarto de Leopoldina pela janela para se redimir após recusar casamento

O rapaz tenta explicar a sua atitude para a jovem


21 de outubro de 2021

Foto: Reprodução Globo/Montagem

Nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador, Augusto (Gil Coelho) dará um fora constrangedor em Leopoldina (Bruna Griphao) e depois tentará se redimir. Tudo acontece quando Isabel (Giulia Gayoso) anuncia que decidiu se casar com Gastão (Daniel Torres). Com o comunicado da filha, Pedro (Selton Mello) dá a entender que o caminho está livre para Augusto se unir á Leopoldina. Mas Augusto é taxativo. “De maneira alguma! Não aceitarei me casar com Leopoldina!”, afirma.

A jovem, que escuta tudo escondido, leva um baque e corre, aos prantos, para o seu quarto. O príncipe tenta se explicar a Pedro. Ele lembra que na carta enviada por Teresa (Letícia Sabatella) a sua mãe, ela era explícita quanto a finalidade de sua vinda ao Brasil. “Desposar a Princesa Imperial do Brasil. E foi esse o propósito de minha viagem, e o compromisso que assumi com minha família: desposar a Princesa Isabel”.

No dia seguinte, Augusto procura Leopoldina na Quinta para se explicar. Mas a jovem manda avisar que não quer falar com ele. Decidido, ele invade o quarto dela pela janela. “Augusto?”, assusta-se a moça. Ela o acusa de ser insolente ao invadir o quarto dela daquela maneira. “Ponha-se daqui para fora, já”, fala. Mas o rapaz avisa que não sairá enquanto ela não ouvir o que tem a dizer.

A jovem não quer saber de papo. “Quer se explicar, fazer com que eu entenda que você não me quer? Não se preocupe com isso, você me fez um favor. Sendo assim não terei que dizer “não” à você”, afirma ela. Mesmo surpreso com a resposta, o príncipe mantém a pose. “Bem, melhor assim, não é? De qualquer modo, acho polido da minha parte me explicar”. Dina fala que ele não precisa gastar de sua saliva.

Augusto conta que a sua família não aceitaria que ele se casasse com outra princesa que não a herdeira do trono. “Muito obrigada por me lembrar que eu não valho nada”, diz a jovem, irônica. O rapaz tenta quebrar o gelo. “Por favor, não diga isso. Eu gosto de ... (ele se corrige) Eu a considero demais”, afirma. Mas Leopoldina não quer mais conversa. “Estou cansada dessa ladainha. Vai embora!”. Augusto vai saindo pela porta, mas ela o chama a atenção. “Você vai sair por onde entrou”, diz ela, apontando a janela. Ele não tem alternativa...